HISTÓRIA CRIADA HOJE N ÃO EXISTE MACHO SEM CHANCES CARA DE PAU TOLAS ACREDITAREI NUNCA PAGA VELHO PAPO ESTRANHO DESIGUALDANTE BBVÉIO DST RETURN IMPREVIDÊNCIA GENÉRICOS CARNE PODRE CARNE FRAQUÍSSIMA CARNE FRACA 1 CARNE FRACA A MÃO DE DEUS BRT DAS ARÁBIAS 9 MILHÕES PARA CRIMINOSOS A NOVA RELIGIÃO, O “CIENTISMO” A TRÍADE MALDITA O CAPETÃO VOLTOU, O CAPETÃO VOLTOU… AS VÍTIMAS NÃO CONTAM É A FÍSICA, IDIOTA! POBRE MARACANÃ! ASSALTOS VERGONHA E AÍ, MULHERES? VÃO CONTINUAR DEIXANDO? TUDO É DADO ACIDENTE? ASSASSINATOS TÍTULOS SEM VALOR MASTURBAÇÃO GOVERNAMENTAL COBRANÇA INDEVIDA A PREFEITURA NÃO TEM DONO IMPOSTO É PAGAMENTO POR PRESTAÇÃO DE SERVIÇO E NÃO OBRIGAÇÃO SÃO NOSSOS SERVIÇAIS E NÃO O CONTRÁRIO NÃO EXISTE “CALAMIDADE FINANCEIRA” A ESUQUERDA NA NUVEM DEMOCRACIA NO ORIENTE E CONTO DE FADA DA KÉFERA TALVEZ SEJA ÚTIL IDOSO É SUA MÃE É BOM PRÁ QUEM TÁ DE FOLGA… PRESOS NAS CELAS DOMINAÇÃO ÓI NÓÍS AKI TRAVÊIS! A VOLTA HERÓIS ASSASSINOS POUCOS ARTISTAS PAI GORDINHO PREMONIÇÃO TEM UM EMPREGO? CARAS DE PAU – MESMO! QUEREM MATAR VOCÊ! CÂNCER PARA TODOS LOUCOS? DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS CUIDADO HAPPY FUGA DO INFERNO O INFERNO NA PRAIA PONTE PARA O NADA BURRICE FARCS AINDA VOTAM? BOBAGEM NÃO SEJA GENTIO PALHAÇADA FIM DE SEMANA MORTAL MACAQUICES SADOMASOQUISMO HAPINESS MALUQUICES DE FIM DA ANO NOVO SISTEMA DE CASTAS SOMOS TODOS COMUNISTAS DISFARÇADOS COMANDAR A VIDA NÃO SE MORRE MAIS! O MUNDO MUDOU! NÃO PRECISA MAIS MORRER! O MUNDO MUDOU! O mundo mudou. É preciso não morrer mais. Alguns seres imortais Fizeram de você um animal. HAITI, OBRA COMUNISTA A MORTE NÃO É A ORDEM NATURAL DAS COISAS O CONTROLE DA VIDA TÃO DE OLHO NA GENTE ESQUERDISTAS SÃO LOUCOS DE PEDRA SÃO AS EMPRESAS QUE FAZEM A RIQUEZA, NÃO O ESTADO SUS, UM ABSURDO FINITO VELHO CHOCO MAIS UMA VEZ PO TSE EXTRAPOLA SALÁRIO MÍNIMO, LEIS TRABALHISTAS, DESEMPREGAM 12.O000.000

A DITADURA DA MINORIA QUE PARECE MAIORIA – continuação do Esoísmo

O texto a seguir foi escrito pelo Professor Almar.

Você pode ler mais sobre o Esoísmo clicando aqui.

 

O que se chama, hoje, de democracia, na verdade nada mais é que a ditadura de uma minoria que acaba parecendo a maioria.
Essa minoria tende a escravizar a verdadeira maioria, e todos, inclusive essa minoria, pelos motivos acima expostos, acaba também perdendo.
A ditadura da maioria escora-se na visão coletiva de mundo. Pressupondo a realidade do coletivo, acredita que, sendo este maior que o indivíduo (um coletivo tem mais de um indivíduo) e assim os direitos absolutos do indivíduos desaparecem,  ficando apenas direitos secundários.
Como direito e liberdade, se adjetivados deixam de ser diretos e liberdade, na sociedade coletiva a liberdade e os direitos individuais são apenas aparentes.
Os indivíduos são fichados, numerados, ordenados, tem sua saída e entrada no país controlada, sua vida mapeada. São obrigados a declararem seus ganhos para que lhes seja descontado o imposto. Toda as compras que fazem vem com inúmeros impostos ocultos que oneram sobremaneira o preço. Como seus salários são altamente diminuídos pela cobrança direta ou indireta de encargos sociais, a maior parte do ganho do cidadão é dele retirada.
Como o cidadão é inferior ao coletivo, frente a “autoridade” torna-se imediatamente inferior, nem mesmo, via de regra com o estado ou seus representantes pode falar, porque há toda uma linguagem cabalista que, se não usada, pode ser considerada desacato, desrespeito e insulto, como se não fosse o cidadão, indivíduo, que merecesse a priori respeito, que sua palavra a priori fosse acatada, porque ele é quem mantém o estado e seus representantes.
O absurdo do estado coletivista e de conhecimento de todos, só até agora ninguém jamais mostrou o erro, que está na visão coletiva de mundo, que não só não é científica, como na prática, não funciona.
A afirmação sofismática de que a democracia é um sistema muito ruim, mas que é o melhor que temos é falaciosa, porque, embora não apoiemos nenhum tipo de ditadura, uma democracia com leis e instituições injustas sempre será ao indivíduo muito mais nefasta do que uma ditadura de um déspota de pensamentos humanitários e honesto. Mas não precisamos da ditadura, seja do indivíduo, seja do coletivo. Existe uma maneira inteligente de organizar a sociedade, embora exija realmente a participação de todos os sócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


2016 Almar LTDA